28 de jun de 2015

Resenha - O Dilema de Einstein

SINOPSE
Depois do sucesso de "O Enigma Einstein", com testes lógicos que desafiam a inteligência, temos agora este divertido livro com questões éticas tão inusitadas quanto provocativas. Os dilemas de fundo moral oferecem à filosofia teses sem fim, pois podem revelar o caráter real de um indivíduo - ou não, caso ele esteja equivocado em sua escolha. A dificuldade dos desafios deste livro está justamente em não se enquadrarem no que é certo ou errado. Os dois lados das questões apresentam argumentos duros de contestar. Por isso, é preciso pensar bem antes de se decidir. Estes exercícios trazem à tona a dimensão de sua postura ética e vão ajudá-lo a aprimorar sua capacidade de decisão, qualidade fundamental nas relações sociais e de trabalho.
 Adorei a capa do livro, kkk, essas duas cabecinhas de Einstein realmente me fizeram rir a primeira vez que os vi... Ganhei um exemplar deste livro de um prof. da faculdade, pelo meu aniversário (mas até hoje me pergunto se foi mesmo um presente, ou se foi uma troca justa pelo pedaço do meu bolo de aniversário que ele comeu na minha festinha universitária surpresa, hahaha).

O Dilema de Einstein é um livro bastante filosófico, que apresenta 25 enigmas éticos que devem ser lidos e degustados filosoficamente, individualmente e lentamente, antes de conferir as respectivas respostas no fim do livro... Em outras palavras, você passeia para frente e para trás atrás o tempo todo, hahaha.

Quanto ao conteúdo, o livro possui enigmas muito interessantes (uns mais do que outros), mas se engana quem pensa que as respostas são realmente "respostas". Muito pelo contrário, as respostas não são definitivas para nenhum dos enigmas, o autor apenas apresenta vertentes diferentes dos filósofos para "possíveis" respostas, que pode ou não condizer com a resposta do leitor.

Eu gostei do livro, a proposta é interessante e os dilemas são realmente fortes e alguns até polêmicos, mas assim como aconteceu com o livro Uma Vida com Propósito, admito que fiquei enjoada de "ler um de cada vez e meditar sobre o assunto", e com isso, passei a ler de dois a três enigmas de uma vez por pura falta de paciência. (vide a resenha do livro citado para entender o porquê).

Isso não torna o livro menos interessante ou legal, é claro, só frisa o fato de que: eu não gosto de livros com este formato!
Também não gosto muito de filosofia e isso pode ter pesado um pouco na minha impaciência, mas acho que o formato do livro foi mais relevante neste quesito, rsrs.
>>> Opinião Final: Interessante e desafiador de conceitos e ideais. Quem gosta de filosofia vai curtir e se algum desses assuntos for colocado à debate, tenho certeza que renderá uma boa discussão... Vale a pena dar uma conferida :)
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário